Direito, Literatura e Cinema

Disciplina Eletiva

Para quem

Alunos a partir do 1º período e público externo

Apresentação

A disciplina é dedicada a (1) abordar o surgimento dos estudos em Direito e Literatura – nos Estados Unidos, Europa e América Latina – as diversas possibilidades metodológicas, sob um viés interdisciplinar; (2) examinar os fundamentos do direito mediante o diálogo da teoria do direito com subsídios da teoria literária, semiótica e linguística; (3) aprofundar, a partir desse diálogo, questões relativas à teoria da decisão, à linguagem, ao discurso, à narratividade e à representação, entre outros; e (4) analisar narrativas literárias e fílmicas, proporcionando uma reflexão crítica sobre os fenômenos jurídicos e sociais.

OBJETIVO:

Analisar as correlações entre a teoria do direito e as teorias da literatura da semiótica e da linguística, a fim de reconhecer que o direito é um fenômeno linguístico, bem como uma natureza narrativa e seu caráter ficcional.

A referida disciplina poderá ser cursada virtualmente, sendo que a FDV disponibilizará uma sala para os alunos matriculados. Poderá ser solicitado o aproveitamento da disciplina como carga horária complementar.

Dias 9 a 13 de março de 2020, das 9 às 12h e das 14 às 17h.

As inscrições deverão ser realizadas até 10/02/2020, por e-mail: ppgd@fdv.br. As vagas são limitadas.

CONTEÚDO PROGAMÁTICO DA DISCIPLINA: 

UNIDADE 1 – Apresentação do plano de aula.

09/03/2020 – Segunda- feira

Das 14 às 18h – Apresentação da Disciplina

Das 19h às 21h30 – Direito e humanidades: a narrativa fílmica

Leitura prévia obrigatória:

CANDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: CANDIDO, Antonio. Vários escritos. 5 ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre azul, 2011. P.171-193

UNIDADE 2 – Os fundamentos do direito à luz da literatura.

10/03/2020 – terça- feira

Das 9 às 12h – Direito: linguagem, narrativa e ficção. Linguagem, autoritarismo e poder.

Das 13h30 às 17h – O discurso jurídico versus o discurso literário. Leitura e interpretação.

Leitura prévia obrigatória:

BRUNER, Jerome. Fabricando histórias: direito, literatura, vida. Tradução de Fernando Cássio. São Paulo: Letra e voz, 2014.

UNIDADE 3 – Direito e literatura: a tarefa hermenêutica.

11/03/2020 – quarta- feira

Das 9 às 12h – O paradigma contemporâneo: linguistic turn e narrative turn. Discurso, narratividade e representação.

Das 13h30 às 17h – As múltiplas possibilidades e os limites interpretativos.

Leitura prévia obrigatória:

KARAM, Henriete. O direito na contramão da literatura: a criação no paradigma contemporâneo. Revista Eletrônica do Curso de Direito da UFSM, v.12, n.3, p.1022-1043, 2017b. Doi: http://dx.doi.org/10.5902/1981369429566 .

UNIDADE 4 – O direito polifônico e as garantias constitucionais.

12/03/2020 – quinta- feira

Das 9 às 12h – A narratividade e o processo judicial: a função narrativa dos atores do processo e a verdade.

Das 13h30 às 17h – As vozes do direito: análise de narrativas processuais.

Leitura prévia obrigatória:

TRINDADE, André Karam; KARAM, Henriete. Polifonia e verdade nas narrativas processuais. Sequência: Estudos Jurídicos e Políticos, Florianópolis, v.39, n.810, p.51-74, jan.2019 ISSN 2177-7055. Doi: http://doi.org/10.5007/2177-7055.2018v39n80p51 .

ATIVIDADE AVALIATIVA

13/03/2020 – sexta- feira

Das 9 às 12h – Analise jurídico-literária.

 

 

 

Mais informações

Início em: 09/03/2020

Término em: 13/03/2020

Horário: Conferir na descrição

Carga Horária: 30h

Docentes

Angela Araújo da Silveira Espindola

Doutorado em Direito (Conceito CAPES 6).
Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.

Mestrado em Direito (Conceito CAPES 6).

Universidade do Vale do Rio dos Sinos, UNISINOS, Brasil.

Professora

Henriete Karam

Doutorado em Letras (Conceito CAPES 7).

Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil.

Mestrado em Letras.

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, PUCRS, Brasil.

Professora