Aspectos práticos do inquérito policial

Oficina

Para quem

Alunos a partir do 1º período e público externo

Apresentação

O inquérito policial, apesar de ser a maior fonte de provas a fundamentar as ações penais, tem sido deixado de lado pelos profissionais e estudiosos do Direito o que muitas vezes leva a distorções da compreensão desse instrumento, com perdas para a sociedade (em um aspecto coletivo) e, a depender do caso, para a vítima ou para o investigado (em um aspecto individual).
Esta oficina tem o objetivo de apresentar uma visão prática desse instrumento, demonstrando o funcionamento de uma investigação policial, dos atos mais simples aos mais complexos.
Deste modo, após uma inicial exposição sobre o tema, os alunos serão convidados a participar de um inquérito simulado, com a apresentação de um caso a ser resolvido por todos, o que dará a oportunidade de se conhecer como se inicia um inquérito, como são produzidas as provas orais e suas particularidades, como são processadas as representações por prisão (e cautelares diversas da prisão), busca e quebras de sigilo bancário, fiscal, telefônico e telemático.
Durante o simulado também será celebrado um acordo de colaboração premiada, o que permitirá abordar esse instigante meio de obtenção de provas.
Como fechamento, será realizada uma visita guiada na Polícia Federal, onde se terá a oportunidade de se conhecer as Delegacias que investigam os crimes de sua competência.

Mais informações

Início em: 27/04/2020

Término em: 08/06/2020

Horário: 17h às 18h40

Carga Horária: 14h

Docentes

Guilherme Helmer

Mestre em Direito pelo Centro Universitário Fluminense.

Delegado de Polícia Federal.